A Copa Sul-Americana é uma das principais competições continentais de clubes de futebol da América do Sul. Organizada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) desde 2002, a Sul-Americana é uma competição secundária em relação à Copa Libertadores da América. Porém, diversos clubes tradicionais de países como Brasil, Argentina e Uruguai medem forças em cada edição do torneio, o que resulta em uma disputa acirrada pela taça da “Sula”.  

Sul-Americana 2022 

Em sua 20ª edição, a Sul-Americana 2022 também promete grandes jogos para os fãs de futebol da América do Sul. Após a disputa da fase de grupos e a chegada dos times eliminados da Libertadores, as oitavas de final desta edição do torneio estão recheadas de clubes com forte tradição em competições continentais. Além de gigantes brasileiros, como Santos, São Paulo e Internacional, clubes como Nacional-URU, Colo-Colo e Olimpia chegam com força na disputa pela glória.  

Enquanto o Santos enfrentará o Deportivo Táchira, da Venezuela, pelas oitavas de final, o São Paulo e o Internacional enfrentarão rivais com mais tradição em competições continentais: Universidad Católica e Colo-Colo, respectivamente. Assim como Atlético-GO e Ceará, que enfrentarão o Olimpia e o The Strongest, respectivamente, em confrontos que prometem ser disputadíssimos para os dois clubes brasileiros com menos experiência em torneios internacionais.   

Artilheiros da Sul-Americana 2022 

Não é apenas a disputa entre os clubes que é acirrada durante a Copa Sul-Americana. A competição entre os goleadores de cada time para liderar a artilharia da competição também está cada vez mais disputada a cada fase da competição. Por enquanto, apenas um jogador de um clube brasileiro aparece no topo da lista: o colombiano Mendoza, do Ceará. Confira abaixo a lista completa com os artilheiros da Sul-Americana 2022:  

  1. Bernardo Cuesta (Melgar) – 6 gols 
  1. Mario Otazú (Guaireña) – 5 gols 
  1. Mendoza (Ceará) – 5 gols 
  1. Miguel Borja (Deportivo Junior) – 5 gols 
  1. Lucas Albertengo (Defensa y Justicia) – 4 gols 
  1. Alexander Alvarado (LDU) – 4 gols 
  1. Cristian Techera (Ayacucho) – 4 gols 
  1. Sebastián Sáez (Union La Calera) – 4 gols 
  1. Mauro Méndez (Montevideo Wanderers) – 4 gols 
Artilheiro da Sul-Americana, Bernardo Cuesta comemora gol pelo Melgar. (Foto: GOAL)

A grande maioria dos jogadores desta lista não poderão marcar mais gols, devido à eliminação de seus times nas fases anteriores às oitavas de final. Dos atuais artilheiros da competição, apenas Cuesta e Mendoza disputarão a próxima fase, com chance de se distanciar na artilharia da atual edição.  

Valores em jogo: premiações da Sul-Americana 

Além da glória de se consagrar campeão continental e levar a taça da “Sula” para casa, vencer a Sul-Americana também pode representar um levante financeiro para um clube de futebol, com um prêmio de US$ 5 milhões para o campeão. Assim como na Libertadores, a Conmebol oferece premiações cada vez maiores a cada fase, incentivando ainda mais os times a entrar com força total no torneio. Confira abaixo as premiações recebidas por cada time em cada uma das fases da Sul-Americana: 

Fase da competição Número de clubes Valor recebido 
Primeira fase 32 US$ 225 mil por cada jogo como mandante 
Fase de grupos 32 US$ 300 mil por cada jogo como mandante 
Oitavas de final 16 US$ 500 mil 
Quartas de final US$ 600 mil 
Semifinal US$ 800 mil 
Vice-campeão US$ 2 milhões 
Campeão US$ 5 milhões 

No total, o clube vencedor da competição levará, somando todas as fases da competição, pouco mais de US$ 7 milhões (cerca de R$ 36,6 milhões na cotação atual). Enquanto o vice-campeão irá faturar uma quantia de cerca de US$ 4 milhões (aproximadamente R$ 21 milhões). 

Maiores campeões 

Um dos campeonatos de futebol mais populares do continente, a Sul-Americana já teve alguns clubes tradicionais como campeões do torneio. Atualmente em sua 20ª edição, a competição já teve campeões de diversos países, mas não tem nenhum líder absoluto na lista de maiores campeões, que é liderada por um clube brasileiro e dois clubes argentinos, cada um com 2 títulos da “Sula”. Confira abaixo os clubes campeões da Sul-Americana: 

Clube Títulos Anos em que foi campeão 
Athletico-PR (BRA) 2018 e 2021 
Independiente (ARG) 2010 e 2017 
Boca Juniors (ARG) 2004 e 2005 
Defensa y Justicia (ARG) 2020 
Independiente del Valle (COL) 2019 
Chapecoense (BRA) 2016 
Santa Fe (COL) 2015 
River Plate (ARG) 2014 
Lanús (ARG) 2013 
São Paulo (BRA) 2012 
Universidad de Chile (CHL) 2011 
LDU (EQU) 2009 
Internacional (BRA) 2008 
Arsenal de Sarandí (ARG) 2007 
Pachuca (MEX) 2006 
Cienciano (PER) 2003 
San Lorenzo (ARG) 2002 
Sul-Americana: um raio-x da competição continental
Jogadores do Athletico-PR comemoram o título da “Sula” de 2021 (Foto: Reuters)

Porém, ao dividir os campeões da Sul-Americana pelos seus países de origem, a diferença entre a Argentina e os outros países aumenta expressivamente, com o Brasil sendo o único que se aproxima dos rivais vizinhos. No agregado de títulos, o número de conquistas argentinas cresce, uma vez que diversos clubes argentinos já se consagraram campeões. Confira abaixo a lista completa de títulos por país: 

País Clubes campeões Títulos Vice-campeonatos 
Argentina 
Brasil 
Equador 
Colômbia 
México* 
Chile 
Peru 
Bolívia 

*Clubes do México participaram de competições sul-americanas como convidados entre 1998 e 2016, apesar de o país não ser membro da Conmebol. 

Sul-Americana: um raio-x da competição continental
Jogadores do Independiente comemoram o título da “Sula” de 2017, conquistado contra o Flamengo no Maracanã (Foto: André Durão)

Maiores artilheiros 

No ranking dos maiores goleadores da história da competição, o Brasil ainda está em desvantagem em relação aos rivais sul-americanos, com apenas um jogador na lista dos artilheiros que mais balançaram a rede na Copa Sul-Americana. Porém, para a surpresa de alguns, o maior goleador da “Sula” é um argentino bastante conhecido pelos brasileiros. O maior artilheiro da história do torneio é o atacante Hernán Barcos, que teve passagens pelo Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro. Confira abaixo a lista com o top 10 dos maiores artilheiros da Sul-Americana: 

  1. Hernán Barcos (ARG) – 19 gols 
  1. Hernan López (URU) – 16 gols 
  1. Rafael Moura (BRA) – 14 gols 
  1. Bolaños (EQU) – 13 gols 
  1. Rodrigo Mora (URU) – 13 gols 
  1. Silvio Romero (ARG) – 12 gols 
  1. Claudio Bieler (ARG) – 12 gols 
  1. José Sand (ARG) – 11 gols 
  1. Eduardo Vargas (CHL) – 11 gols 
  1. Juan Manuel Olivera (URU) – 11 gols 
  1. Bruno Marioni (ARG) – 11 gols 
Conhecido pela sua comemoração de “pirata”, Barcos é o maior artilheiro da Sul-Americana. (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Onde assistir às partidas da Sul-Americana 2022 

Assim como nas últimas temporadas, a edição da Sul-Americana de 2022 não tem transmissão em TV aberta. Os fãs que quiserem assistir aos jogos na TV ou na internet devem ser assinantes do canal Conmebol TV, pertencente à Confederação Sul-Americana de Futebol.  

Apenas a Conmebol TV exibirá as partidas da Sul-Americana, que, até as semifinais, ocorrerão às terças, quartas e quintas-feiras – a final será em um sábado. O canal está disponível em TV fechada para clientes das operadoras SKY e Claro, mediante a assinatura de um pacote extra. Nos serviços de streaming, é possível encontrar a Conmebol TV no DirecTV Go, também adquirindo um adicional à mensalidade do plano.