De acordo com a lista de 2022 da Forbes, os 10 proprietários esportivos mais ricos valem ao todo 353 bilhões de dólares.  

O ex-CEO da Microsoft Steve Ballmer encabeça a lista com um patrimônio líquido de $91,4 bilhões, um aumento de 33% em relação ao ano anterior. Ele comprou o Los Angeles Clippers por $2 bilhões há oito anos, e a Forbes agora avalia a equipe em $3,3 bilhões – nessa época, as ações da Microsoft aumentaram em mais de 600%.  

Em segundo lugar está Mukesh Ambani, proprietário da Mumbai Indians, com um patrimônio líquido de $90,7 bilhões de dólares. Depois de Mukesh Ambani, o patrimônio dos outros proprietários estão bem mais abaixo. 

Veja a lista dos 10 proprietários esportivos mais ricos do meio esportivo:  

POSIÇÃO  NOME  PATRIMÔNIO 
Steve Ballmer U$ 91.4 bilhões 
Mukesh Ambani U$ 90,7 bilhões 
François Pinault U$ 40.4 bilhões 
Dietrich Mateschitz U$ 27.4 bilhões 
Daniel Gilbert U$ 22 bilhões 
Masayoshi Son U$ 21.3 bilhões 
Steve Cohen U$ 17.4 bilhões 
David Tepper U$ 16.7 bilhões 
Robert Pera U$ 14.6 bilhões 
10 Philip Anschutz U$ 10.9 bilhões 

Quatro dos 10 maiores proprietários viram seu patrimônio líquido cair em relação ao mesmo período do ano passado. 

Ficou de fora da lista 

Pela primeira vez em seis anos, o proprietário do Chelsea FC Roman Abramovich, que foi sancionado pelo governo do Reino Unido devido a sua ligação com a Rússia, não ingressou na lista. Seu patrimônio líquido foi reduzido pela metade de quase US$ 15 bilhões em janeiro para US$ 6,9 bilhões a partir de março.