Após dois anos sem realização por conta da pandemia, a Oi Rio Pro está de volta em 2022 e pronta para receber milhares de fãs do surfe novamente. Porém, assim como o próprio campeonato, a etapa da WSL em Saquarema, que acontece entre os dias 23 e 30 de junho, chega com novidades para a edição deste ano. Uma delas é a estreia de uma área exclusiva de hospitalidade, com uma estrutura inédita e diversas vantagens e serviços. Neste artigo, além de abordar a competição, a etapa de Saquarema e os atletas participantes, explicaremos também como funcionará essa nova área de hospitalidade e como garantir o seu lugar.  

Navegue pelo conteúdo:

Maracanã do Surfe

A World Surf League (WSL) é o maior campeonato mundial de surfe e, com a consolidação do esporte ao redor do mundo, está se tornando cada vez mais popular. O campeonato organizado pela WSL é divido em dez etapas durante cada temporada, que serão realizadas em sete países diferentes na edição deste ano. Entre essas etapas, a única que acontecerá na América do Sul será a Oi Rio Pro, oitava da WSL, em Saquarema, município da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. 

Uma das sedes do torneio mais populares, a cidade turística de Saquarema é conhecida internacionalmente como o “Maracanã do surfe”. Além das ondas de beleza cênica e perfeitas para manobras radicais, o apelido também surgiu pelo fato da etapa da WSL em Saquarema ser a responsável pelos maiores recordes de público da competição. Na temporada de 2019 – a última com uma etapa realizada na cidade, por conta da pandemia –, a Oi Rio Pro registrou uma média de 30 mil torcedores nas areias em quatro dias de competição, atingindo um pico de 40 mil pessoas. 

Oi Rio Pro: o evento da WSL em Saquarema apresenta nova área de hospitalidade

Nova área de hospitalidade: benefícios

Tendo em vista a ascensão do surfe no cenário esportivo nacional, com 54 milhões de interessados e 25 milhões de fãs, e os resultados expressivos conquistados pela nova geração de surfistas brasileiros – apelidada de “Brazilian Storm” –, que soma cinco títulos nas últimas sete temporadas, 11 atletas na elite do surfe em 2022 e o primeiro surfista medalhista de ouro em Jogos Olímpicos, a Oi Rio Pro está oferecendo uma área exclusiva de hospitalidade para os fãs que quiserem acompanhar a etapa da WSL em Saquarema, proporcionando uma experiência completa de entretenimento e emoção.  

Oi Rio Pro: o evento da WSL em Saquarema apresenta nova área de hospitalidade

A experiência inclui espaço e atendimento exclusivo, serviço de catering premium, open bar, possibilidade de foto com troféu dos campeões, VIP Tour pela estrutura do evento, sorteio de lycra dos atletas autografada, área exclusiva em posição privilegiada junto ao pódio para a cerimônia de premiação, e fila preferencial para sessão de autógrafos com atletas.  

Além disso, os fãs também terão acesso ao 51 Ice Lounge, o novo espaço exclusivo, operado pela Golden Goal, que oferecerá não só uma visão privilegiada da competição, com um palanque acima da areia, mas também para a área onde ficarão os atletas. Separados apenas por uma parede de vidro, os fãs presentes no lounge poderão assistir desde o aquecimento e a preparação dos atletas até os momentos pós-bateria. Além de ter direito também a um espaço exclusivo na areia, para os que preferirem assistir à competição da praia. Clique aqui para conseguir ingressos.

Melhores surfistas do mundo

Devido às mudanças impostas pela organização a partir da edição deste ano, apenas os melhores surfistas do mundo irão disputar a etapa da World Surf League em Saquarema. A WSL introduziu um corte na metade da temporada, após as cinco primeiras etapas, o campeonato foi reduzido de 34 para 22 surfistas e o feminino de 16 para 10, baseado na ordem do ranking da competição até o momento do corte. 

Na última etapa antes do corte, realizada em Margaret River, na Austrália, o Brasil garantiu sete surfistas na metade final da temporada. No campeonato masculino, se juntaram aos já classificados Filipe Toledo, Miguel Pupo e Ítalo Ferreira, os surfistas Caio Ibelli, Samuel Pupo e Jadson André. Já no torneio feminino, Tatiana Weston-Webb será a única representante brasileira. Confira abaixo a lista completa dos surfistas que se mantiveram no CT após o corte, e irão disputar a edição de Saquarema.  

Ranking CT Masculino (atualizado dia 13/05)

  • Filipe Toledo (BRA) – 24.440 pontos 
  • John John Florence (HAV) – 23.375 
  • Jack Robinson (AUS) – 22.160 
  • Ethan Ewing (AUS) – 19.585 
  • Ítalo Ferreira (BRA) – 18.895 
  • Kanoa Igarashi (JPN) – 18.620 
  • Barron Mamiya (HAV) – 17.970 
  • Callum Robson (AUS) – 17.760 
  • Miguel Pupo (BRA) – 17.470 
  • Griffin Colapinto (EUA) – 17.405 
  • Caio Ibelli (BRA) – 16.820 
  • Jordy Smith (AFR) – 16.130 
  • Kelly Slater (EUA) – 15.980 
  • Kolohe Andino (EUA) – 14.705 
  • Nat Young (EUA) – 14.705 
  • Seth Moniz (HAV) – 14.140 
  • Samuel Pupo (BRA) – 12.715 
  • Connor O´Leary (AUS) – 11.290 
  • Matthew McGillivray (AFR) – 11.000 
  • Jake Marshall (EUA) – 10.725 
  • Jackson Baker (AUS) – 9.300 
  • Jadson André (BRA) – 9.300 

Ranking CT Feminino (atualizado dia 13/05)

  • Brisa Hennessy (CRI) – 25.575 pontos 
  • Carissa Moore (HAV) – 24.295 
  • Tyler Wright (AUS) – 23.440 
  • Isabella Nichols (AUS) – 19.965 
  • Courtney Conlogue (EUA) – 19.525 
  • Lakey Peterson (EUA) – 19.105 
  • Gabriela Bryan (HAV) – 19.105 
  • Johanne Defay (FRA) – 18.980 
  • Stephanie Gilmore (AUS) – 18.185 
  • Tatiana Weston-Webb (BRA) – 17.830 

A volta de Gabriel Medina 

Além dos melhores surfistas da edição atual do torneio, a etapa da WSL em Saquarema contará com a presença de um dos maiores nomes do surfe nacional e mundial: Gabriel Medina. O astro retornará a disputa pelo título mundial na etapa de G-Land, na Indonésia, após se afastar das cinco primeiras etapas da temporada deste ano para cuidar da saúde mental. 

Mesmo fora da metade inicial da temporada, o surfista brasileiro ainda pode lutar pelos pontos perdidos e até mesmo tentar o tetracampeonato em 2022, embora a missão seja difícil. Apesar de nunca ter saído vitorioso em Saquarema, Medina terá a chance de reencontrar a torcida brasileira na Oi Rio Pro e buscar forças para retornar à disputa do campeonato mundial.  

Oi Rio Pro: o evento da WSL em Saquarema apresenta nova área de hospitalidade

Últimos ganhadores 

Embora um dos maiores surfistas brasileiros da história nunca tenha vencido a etapa da World Surf League em Saquarema, a Oi Rio Pro já teve grandes nomes do surfe nacional e mundial como vencedores da etapa. Confira abaixo a lista completa de campeões da Oi Rio Pro desde o início de sua realização.  

Masculino 

  • Filipe Toledo (BRA) – 2019 
  • Filipe Toledo (BRA) – 2018 
  • Adriano “Mineirinho” de Souza (BRA) – 2017 
  • John John Florence (HAV) – 2016 
  • Filipe Toledo (BRA) – 2015 
  • Michel Bourez (PYF) – 2014 
  • Jordy Smith (ZAF) – 2013 
  • John John Florence (HAV) – 2012 
  • Adriano “Mineirinho” de Souza (BRA) – 2012 
  • Trent Munro (AUS) – 2001 
  • Kalani Robb (HAV) – 2000 

Feminino 

  • Sally Fitzgibbons (AUS) – 2019 
  • Stephanie Gilmore (AUS) – 2018 
  • Tyler Wright (AUS) – 2017 
  • Tyler Wright (AUS) – 2016 
  • Courtney Conlogue (EUA) – 2015 
  • Sally Fitzgibbons (AUS) – 2014 
  • Tyler Wright (AUS) – 2013 
  • Sally Fitzgibbons (AUS) – 2012 
  • Carissa Moore (HAV) – 2011 

Como conseguir ingressos

Com o evento se aproximando, as vendas foram abertas esta semana. Para maiores informações sobre a aquisição de ingressos, basta acessar o site ou preencher o formulário abaixo para que a equipe comercial entre em contato com você: