Muitas pessoas que desejam empreender passam pelo mesmo questionamento: abrir um negócio próprio ou partir para uma franquia. Dar esse passo em direção ao empreendedorismo, na maioria da vezes, significa fazer um grande investimento. Para quem não tem tanta experiência no ramo, contar com o apoio de uma marca franqueadora pode ser uma boa forma de dar aquele pontapé inicial. E as franquias esportivas hoje são uma realidade sólida.

Números das franquias no Brasil

De acordo com um relatório anual da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2018, o setor de franquias teve um crescimento de 7,1% em relação a 2017. A receita total do mercado saltou de R$ 163,319 bilhões para R$ 174,843 bilhões no período.

Além disso, os índices de falência das franquias são bem menores do que negócios começados do zero. Segundo um relatório recente do Sebrae, divulgado no final de 2018, uma em cada quatro empresas fecham as portas antes de completar dois anos no Brasil. Ou seja: 25%. Ainda de acordo com o relatório da ABF, a taxa de mortalidade das franquias caiu de 5% em 2017 para 3,9% no ano passado.

Negócios já testados e aprovados

Os menores índices de falência estão ligados ao fato de que uma franquia é uma ideia de negócio já testada e aprovada. Elas normalmente contam com diversos estabelecimentos, que geram informações relevantes para o sucesso, como conhecimento do público-alvo, dos concorrentes e de bons fornecedores.

O blog da Unisport Brasil fez um artigo com informações que você precisa saber sobre as franquias esportivas. De acordo com o artigo, começar um empreendimento esportivo do zero, sem conhecer muito bem o mercado e tendo que planejar tudo, é algo que deve ser muito pensado. O empreendedor tem que planejar inúmeros detalhes, como equipamentos, fornecedores, nome da marca, mercado, logotipo, público, produtos, serviços, entre outros.

No caso de uma franquia, todo esse trabalho já está feito pela marca franqueadora. Caso você aposte em franquias esportivas bem organizadas e com um bom nome no mercado, você terá uma boa vantagem competitiva e possibilidades de um retorno financeiro mais rápido.

Estude bem antes de começar

Muitas franquias costumam traçar estratégias e análises de lucros e perdas para seus franqueados. O objetivo desse tipo de ação é mostrar conjunturas positivas e negativas e contornar possíveis dificuldades. Com esse tipo de informação nas mãos, você pode decidir se vale ou não a pena apostar nesse ramo.

Suporte aos franqueados

Como o franqueador tem o total interesse em zelar por sua marca e nome, não só nas franquias esportivas, mas em qualquer segmento, ele precisa dar suporte ao franqueado. Geralmente, a empresa franqueadora estabelece normas e procedimentos que tornam toda a jornada menos complicada. E oferece todo apoio necessário em treinamento de pessoal, marketing, escolha do local e nas tomadas de decisões em geral.

Menos tempo e dinheiro investidos

Você certamente já ouviu aquela expressão de que “tempo é dinheiro”, certo? Pois ao começar um negócio do zero, o empreendedor precisa lembrar que, normalmente, vai passar um bom tempo sem retorno durante a criação e implementação, o que pode tornar o processo mais custoso. No caso de uma franquia, você já sabe exatamente quanto vai gastar para tirar o negócio do papel. E, com isso, pode se planejar bem.

O artigo do Unisport Brasil dá uma dica importante: procure por franquias esportivas que colaborem com o franqueado; que parcelem os valores para que você possa dar início às operações o quanto antes e que não cobrem taxas que geralmente são inclusas. Tudo isso favorece na hora de abrir o negócio.

É mais fácil conseguir um empréstimo

Muitas vezes, a pessoa tem vontade de empreender, está disposta a se dedicar a um novo negócio, mas não tem o dinheiro suficiente para começar. Existem linhas de crédito próprias para quem pretende abrir uma franquia, com taxas de juros reduzidas.

Decisões e compras coletivas

Várias marcas franqueadoras costuma contar com uma central de compras experiente em negociar preços e adquirir descontos em grande escala, favorecendo as condições de pagamento e valores reduzidos para os seus franqueados. Geralmente, o suporte da garante a escolha de mobiliário, de produtos a serem vendidos e utilizados, logotipos e e outros tipos de materiais.

Franquias esportivas: Fitness

No mundo das franquias esportivas, um dos segmentos mais aquecidos é o de Fitness. São diversas as opções de academias disponíveis, cada uma com sua proposta e com diferentes níveis de investimento

Veja algumas opções de franquias esportivas na área de fitness:

Smartfit

Atualmente é a mais famosa entre as franquias esportivas no ramo de academias. Maior da América Latina e facilmente encontrada em qualquer cidade. De acordo com o blog da Unisport Brasil, a rede não disponibiliza valores de retorno financeiro. Mas o investimento inicial passa de R$ 2 milhões e pode chegar até R$ 4 milhões.

Fórmula

Pertencente ao grupo Bodytech, a Fórmula Academia é outra gigante entre as franquias esportivas. Com mais de 100 unidades espalhadas pelo país, segue a linha da líder de mercado e requer um grande investimento, que varia de acordo com o tamanho da academia. Segundo o artigo, o capital de instalação é começa em R$ 2.5 milhões e ainda há uma taxa de franquia de R$ 100 mil.

Academia Team Nogueira

Criada pelos irmãos e lutadores do UFC Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, a rede Team Nogueira tem foco na prática das artes marciais e é um nome que vem crescendo no mercado. O investimento inicial é de R$ 290 mil, com promessa de retorno desse investimento a partir de 16 meses.

Tribo Fitness

Entre as franquias esportivas do segmento, a Tribo Fitness trabalha no nicho do crossfit, com treinamentos funcionais. O investimento sai a partir de R$ 100 mil, sem contar a taxa de franquia.

Contours

Rede de academias norte-americana que vem se espalhando por todo o Brasil, a Contours é voltada exclusivamente para o público feminino. O objetivo é oferecer às mulheres um ambiente livre e seguro para se exercitarem. Tem investimento inicial médio de R$ 350 mil, mais R$ 70 mil de taxa de franquia. E seu retorno sobre o investimento prometido fica entre 24 e 36 meses.

The Pilates Studio Brasil

Outro nicho dentro do mundo fitness, o pilates também tem suas franquias. Uma delas é o The Pilates Studio Brasil, que oferece aulas individuais e em grupos. A rede tem alguns modelos diferentes de negócio, que variam de acordo com a área da unidade, os professores e os equipamentos utilizados. Seu investimento inicial gira em torno de R$ 100 mil, com promessa de retorno entre 18 e 24 meses..

Crossfut

Com um modelo totalmente diferente das demais franquias, a Crossfut pode ser implementada com um investimento de R$ 350 mensais, independentemente da quantidade de alunos que você irá atender. Além disso, não há taxa de franquia. De acordo com o Unisport Brasil, a franqueadora promete um retorno rápido, com faturamento de R$ 4 mil já a partir do sexto mês do negócio.