Para muitas pessoas, entrar no mercado esportivo é um sonho. No caso de Danyel Braga, Diretor de Negócios da Golden Goal, foi uma oportunidade que apareceu no início de sua vida profissional. Formado em Relações Internacionais pela PUC do Rio de Janeiro, o executivo tem pós-graduação em Administração Internacional pelo Coppead da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). E construiu uma carreira de sucesso em quase uma década na mesma empresa, a partir de um estágio até o nível de diretoria.

“Comecei a trabalhar na Golden Goal no início de 2010 como estagiário. Sem ter planejado ou previsto entrar no mercado. Foi uma oportunidade que surgiu e resolvi aceitar. Desde então, transitei por todas as áreas da empresa. Em centenas de projetos e clientes muitos distintos entre si. E tudo isso me garantiu muito aprendizado, dinamismo e experiência”, conta Danyel.

Começo como estagiário

Quando entrou na empresa, Danyel trabalhava com a área de CRM – sigla em inglês para Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente). O então estagiário era responsável por responder o SAC de um programa de sócio-torcedor.

“Naquele momento era a oportunidade que estava à minha disposição e quis fazer daquele SAC o melhor entre todos os programas de sócio-torcedor do Brasil. Não importa se você gosta ou não da sua atividade, ao fazer o seu melhor e ir além das expectativa em algum momento haverá reconhecimento”, afirma o executivo.

Desde então, Danyel foi crescendo na empresa. E após 9 anos e muitos projetos de consultoria, patrocínio e leis de incentivo nas costas, alguns deles ligados à Copa do Mundo de 2014 e aos Jogos Olímpicos de 2016, chegou à posição de diretor de negócios da área de Gestão de Patrocínio.

Clube do Patrocínio

Um desses projetos é o Clube do Patrocínio. O site, criado pela Golden Goal, nasceu há pouco mais de um ano, e rapidamente se tornou referência de mercado, como a maior e mais completa plataforma sobre lei de incentivo do mundo.

Conhecido como “Tinder das Leis de Incentivo”, o Clube do Patrocínio oferece soluções para projetos culturais, esportivos e sociais e facilita a captação de patrocínios para empresas.

Clube do Patrocínio

Rotina de diretor

“Hoje a minha rotina é, principalmente, gestão da equipe e busca por novos negócios. Dentro do meu departamento, a equipe é responsável por cerca de dez projetos diferentes. Via de regra, atendemos empresas que querem investir ou patrocinar projetos esportivos e precisam de pessoas especializadas para darem todo o suporte e assessorarem nas melhores decisões”, explica Danyel.

De acordo com o executivo, três anos após encerrado o ciclo de grandes eventos esportivos no Brasil, mercado esportivo no país voltou a crescer.

“O tamanho do mercado de esportes hoje é incomparável ao que era em 2013. Mas também ainda não alcançou o frisson e a bolha de interesse da época dos Jogos Olímpicos. Um dos grandes legados desses eventos foi a profissionalização do mercado. Muitos profissionais vieram de fora e ajudaram a formalizar e melhorar a qualidade da indústria do esporte como um todo. Muitos voltaram para os seus segmentos e outros ficaram. Mas passado esse período com horizonte de eventos pela frente, ainda existe muita oportunidade de crescimento e de inovação no esporte como um todo”, avalia o executivo da Golden Goal.