Com o tema “Gestão Esportiva de Alto Impacto – Estratégias para Resultados Efetivos”, o Comitê Olímpico do Brasil realiza neste sábado (13/04), no WTC Events Center, em São Paulo, a primeira edição do Congresso Olímpico Brasileiro. O objetivo do evento é comunicar e compartilhar informações, conhecimentos e benchmarking. E criar uma comunidade com os principais stakeholders do esporte. Nomes internacionais e nacionais de referência no segmento estão entre os palestrantes. E, de acordo com o COB, prometem promover um pensamento conjunto sobre como enfrentar os desafios do esporte olímpico no país.

+ Leia também:
“Essa é uma indústria de relações pessoais”, diz CEO da SISU Venture Partners

O Congresso Olímpico marcará ainda a comemoração dos 10 anos do Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), departamento de Educação do COB, responsável por capacitar profissionais e difundir o conhecimento, com o objetivo de contribuir de forma significativa para o amadurecimento do esporte nacional de alto rendimento.

Veja abaixo a lista dos principais palestrantes do evento:

Grandes nomes internacionais

  • Bob Bowman, treinador principal da equipe de natação da Arizona State University, quatro vezes treinador olímpico e treinador pessoal de Michael Phelps;
  • Chelsea Warr, diretora de Performance da Agência de Esportes do Reino Unido;
  • Maurits Hendriks, diretor de Alta Performance do Time Holanda do Comitê Olímpico Holandês;
  • Chris O’Brien, vice-diretor de Performance do Instituto de Esportes da Austrália;
  • Michael Vesper, consultor Sênior do Comitê Olímpico Internacional;
  • Aaron Coutts, diretor de Exercício e Ciência do Esporte da Austrália (ESSA).

Grandes nomes nacionais

  • Bernardinho, treinador bicampeão olímpico de voleibol;
  • Jorge Bichara, diretor de Esportes do COB;
  • Antonio Carlos Gomes, consultor pedagógico da Academia Brasileira de Treinadores do IOB/COB;
  • Roberto Nahon, coordenador de Ações Médicas do COB;
  • Carlos Alberto Cavalheiro, coordenador Técnico-científico do Laboratório Olímpico e responsável pela Área de Análise de Desempenho e Atletismo no COB;
  • Renato Rocha, pesquisador da Academia Austríaca de Ciências.

“O Congresso Olímpico Brasileiro será um espaço para compartilhar informações, conhecimentos e casos de sucessos. Queremos, cada vez mais, estreitar relacionamentos, criando uma comunidade com os principais stakeholders do esporte para oportunizar um pensamento conjunto sobre como enfrentar os desafios do Esporte Olímpico no Brasil. Para tanto, pensamos em grandes nomes do esporte mundial que estarão no Congresso palestrando e participando de discussões de temas estratégicos”, afirmou Rogério Sampaio, diretor geral do COB.

Trabalhos acadêmicos

Além das palestras de grandes nomes do esporte, o Congresso Olímpico Brasileiro também terá uma exposição de Trabalhos Acadêmicos. Será uma oportunidade para os profissionais que possuem pesquisas no esporte divulgarem seus trabalhos para um público composto por dirigentes, gestores, treinadores, atletas e demais profissionais das ciências do esporte. Os trabalhos apresentados são baseados no tema Gestão Esportiva de Alto Impacto – Estratégias para Resultados Efetivos.

Laboratório no Congresso Olímpico Brasileiro

Nas áreas compartilhadas do Congresso, os participantes poderão vivenciar atividades práticas como o Circuito do Laboratório Olímpico do COB, que foi criado para auxiliar na melhoria do desempenho dos atletas brasileiros a partir do suporte científico às modalidades olímpicas e da pesquisa e desenvolvimento no esporte.

O Laboratório Olímpico é parte integrante do Centro de Treinamento Time Brasil. E fornece dados científicos para que o treinador possa tomar melhores decisões na elaboração do programa de treinamento dos atletas. De posse dessas métricas, é possível minimizar o risco de lesões. E aumentar a qualidade do treinamento, possibilitando a melhoria dos resultados nas quadras, piscinas, pistas e ginásios.