A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta segunda-feira (09/09) um balanço da Brasil Futebol Expo. A feira teve sua primeira edição entre os dias 4 e 8 de setembro, em São Paulo. E já nasceu como a maior da modalidade nas Américas e uma das maiores do mundo. Ao longo dos cinco dias, o evento reuniu cerca de 45 mil pessoas.

O sucesso foi tão grande, que a segunda edição do evento já está marcada. Será de 23 a 27 de setembro de 2020, novamente no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo.

Universitários são maioria nas plateias dos cursos

De acordo com a CBF, um total de 8,5 mil pessoas compareceram aos cursos, que aconteceram de quarta-feira (04/09) até o sábado (07). E, de acordo com o secretário-geral da entidade, Walter Feldman, o número de universitários foi o que mais chamou atenção, chegando à casa dos 5 mil.

“Eu diria que foi surpreendente essa feira, em termos de participação do público. Com destaque para o público universitário. Em torno de cinco mil jovens das mais variadas universidades, ligados ou não ao futebol e aos esportes. Eles aqui vieram para se prepararem, por meio de palestras, cursos e debates, para talvez entrarem nesse mercado de trabalho que está em extraordinário em crescimento”, disse Feldman.

Entretenimento para todas as idades

Além disso, pelas quatro quadras montadas na feira (streetball, futevôlei, society e futsal) passaram mais de 2 mil jovens, entre meninos e meninas, que disputaram 20 torneios diferentes.

Entre os expositores, estiveram clubes de futebol e federações, além de importantes organizações e apoiadores do futebol brasileiro. A feira atraiu visitantes de 11 países.

Projeção de crescimento

“Foram muitos negócios, entretenimento, campeonatos de futebol, games. Enfim, tudo foi apresentado para que todas as faixas etárias pudessem participar. Seguramente essa feira terá, nos próximos três, quatro anos, uma dimensão ainda maior e se tornará uma feira efetivamente internacional”, finalizou Feldman, ao fazer seu balanço da Brasil Futebol Expo.