A aproximação entre as duas ligas colocou em alta os boatos de uma possível fusão entre as duas partes. De acordo com o comissário da MLS, Don Garber, no momento é mais benéfico aprofundar as relações do que fundir as ligas.

Sem dúvida, uma operação desse porte teria vantagens para ambos os lados. De um lado, os mexicanos se beneficiariam do extenso mercado dos Estados Unidos, enquanto os EUA ganhariam com o alto engajamento da comunidade mexicana no país, visto que a audiência da MLS nos Estados Unidos fica frequentemente abaixo dos jogos da Liga Mexicana no México.