A Major League Baseball e a Associação de Jogadores da MLB chegaram a um novo acordo de negociação coletiva na quinta-feira, pondo fim ao bloqueio imposto pelo proprietário da liga.  

O sindicato votou para aprovar uma nova proposta por uma margem de 26-12 (uma maioria simples, ou 20 votos, era tudo o que era necessário para que o novo acordo fosse aprovado, há de destacar que os oito membros do subcomitê executivo votaram todos não). Os proprietários ratificaram o novo acordo coletivo de cinco anos na noite de quinta-feira, votando 30-0 a favor. O negócio de baixa temporada da MLB, como trocas e jogadores livres, é esperado começar em breve. Os jogadores se reportarão aos treinamentos nos próximos dias, e as equipes da MLB estão preparadas para jogar uma temporada completa de 162 jogos em 2022. O dia de abertura é 7 de abril. 

O bloqueio chegou ao fim em seu 99º dia. Os proprietários decretaram o bloqueio pela primeira vez em 2 de dezembro, quando o acordo anterior expirou, marcando a primeira parada trabalhista da MLB desde a greve dos jogadores de 1994-95. Embora a liga tenha caracterizado esse ato como um mecanismo defensivo que esperava apressar as negociações, os proprietários esperaram mais de seis semanas para fazer sua primeira proposta. As conversas finalmente se intensificaram na última semana de fevereiro, quando os dois lados se reuniram diariamente na Flórida. Um acordo foi alcançado quinta-feira após horas de negociações em Nova York.  

O Comissário Rob Manfred anunciou anteriormente o cancelamento das duas primeiras semanas da temporada regular de 2022, quando as conversações pararam, mas todos os jogos estão de volta à programação. O dia de abertura estava originalmente marcado para 31 de março, e os jogos que foram perdidos na primeira semana serão compensados através dos dias de folga. 

Ao longo do processo, o sindicato procurou aumentar o salário mínimo da liga e os limites do Imposto de Balanço Competitivo. Os proprietários, por sua vez, priorizaram uma pós-temporada expandida, uma minuta internacional e o poder de fazer mudanças nas regras, incluindo, potencialmente, a instalação de um relógio de arremesso e bases maiores, bem como a restrição do posicionamento defensivo.  

Este foi a primeira paralisação na história da liga que comprometeu a temporada regular.