Um dos maiores ídolos da história do Fluminense, o artilheiro Fred está se despedindo dos gramados nesta semana. A sua última partida será no próximo sábado, no Maracanã, onde o Fluminense recebe o Ceará pela 16ª rodada do Brasileirão. Com a venda da carga total de ingressos para a partida e os números expressivos nas redes sociais atingidos graças à sua despedida, um fator se torna (mais uma vez) evidente na relação entre Fred e Fluminense: o valor que um ídolo agrega para um clube de futebol.  

Fred e Fluminense: a história de um ídolo

Em uma história com duração de pouco mais de 9 anos, a relação entre Fred e Fluminense está sendo construída desde 15 de março de 2009, quando o artilheiro defendeu as cores do tricolor das Laranjeiras pela primeira vez. Pelo tricolor, Fred construiu uma história digna da idolatria da torcida, que vai de luta contra rebaixamento à títulos, com dois títulos brasileiros (2010 e 2012) e dois estaduais (2012 e 2022), atuando em 381 jogos e marcando 199 gols. Confira abaixo o desempenho do artilheiro em cada temporada que disputou pelo clube: 

Temporada Jogos Gols 
2009 36 22 
2010 28 18 
2011 43 34 
2012 45 30 
2013 25 
2014 46 27 
2015 42 22 
2016 50 23 
2020 28 
2021 46 20 
2022 19 
Fred comemora gol em sua estreia pelo Fluminense, em 2009.

São inúmeros momentos marcantes pelo tricolor, desde os gols salvadores na heroica campanha contra o rebaixamento em 2009 até a participação fundamental no título do Campeonato Brasileiro em 2012 – Fred foi eleito o melhor jogador do campeonato, além de terminar na liderança da artilharia da Série A. Em sua última temporada, a trajetória do ídolo do Fluminense foi coroada com a conquista do Campeonato Carioca contra o Flamengo em abril deste ano.  

Fred: o valor imensurável de um ídolo
Fred ergue a taça de Campeão Carioca 2022. (Foto: SERGIO MORAES / REUTERS)

Um dos maiores artilheiros do Brasil 

Ao conquistar o seu espaço na história do clube carioca, o artilheiro tricolor também entrou para a história do futebol brasileiro. Além de ser o segundo maior artilheiro da história do Fluminense, Fred é o maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro no sistema de pontos corridos, sendo o segundo maior artilheiro de todos os tempos da competição. Ao todo, o artilheiro anotou 157 gols pelo Brasileirão, ultrapassando ídolos do futebol como Romário, Edmundo e Zico.

Fred: o valor imensurável de um ídolo
Fred posa com as duas taças do Campeonato Brasileiro que conquistou pelo Fluminense. (Foto: LUCAS MERÇON/FLUMINENSE FC)

Um dos maiores artilheiros da história recente do país, com mais de 400 gols marcados em jogos oficiais, Fred também conquistou diversas taças por clubes e pela Seleção Brasileira, assim como prêmios individuais, em uma trajetória vitoriosa no futebol. Durante a carreira, o artilheiro venceu mais de quinze taças e dez artilharias tanto por clubes quanto pela seleção. Confira abaixo os títulos e as artilharias conquistadas pelo atacante: 

Títulos 

  • Ligue 1 2005/06 (Lyon) 
  • Ligue 1 2006/07 (Lyon) 
  • Ligue 1 2007/08 (Lyon) 
  • Copa da França 2007/08 (Lyon) 
  • Campeonato Brasileiro 2010 (Fluminense) 
  • Superclássico das Américas 2011 (Seleção Brasileira) 
  • Taça Guanabara 2012 (Fluminense) 
  • Campeonato Carioca 2012 (Fluminense) 
  • Campeonato Brasileiro 2012 (Fluminense) 
  • Superclássico das Américas 2012 (Seleção Brasileira) 
  • Copa das Confederações 2013 (Seleção Brasileira) 
  • Primeira Liga 2016 (Fluminense) 
  • Campeonato Mineiro 2017 (Atlético-MG) 
  • Campeonato Mineiro 2018 (Cruzeiro) 
  • Copa do Brasil 2018 (Cruzeiro) 
  • Campeonato Mineiro 2019 (Cruzeiro) 
  • Taça Rio 2020 (Fluminense) 
  • Taça Guanabara 2022 (Fluminense) 
  • Campeonato Carioca 2022 (Fluminense) 

Artilharias 

  • Campeonato Mineiro 2005 (Cruzeiro) – 14 gols 
  • Copa do Brasil 2005 (Cruzeiro) – 14 gols 
  • Campeonato Carioca 2011 (Fluminense) – 10 gols 
  • Campeonato Brasileiro 2012 (Fluminense) – 20 gols 
  • Copa das Confederações 2013 (Seleção Brasileira) – 5 gols 
  • Campeonato Brasileiro 2014 (Fluminense) – 18 gols 
  • Campeonato Carioca 2015 (Fluminense) – 11 gols 
  • Campeonato Brasileiro 2016 (Atlético-MG) – 14 gols 
  • Campeonato Mineiro 2017 (Atlético-MG) – 10 gols 
  • Campeonato Mineiro 2019 (Cruzeiro) – 12 gols 
Fred beija a taça da Copa das Confederações, conquistada pelo Brasil em 2013. (Foto: Jefferson Bernardes/VEJA)

Despedida histórica 

Para encerrar com chave de ouro a sua história no futebol, a despedida de Fred será justamente pelo clube em que se tornou ídolo: o Fluminense. Apesar da saída conturbada em 2016, sobre a qual o próprio jogador já declarou ter sido contrário à época, o sonho do artilheiro e da torcida tricolor de ver o ídolo encerrar sua carreira no clube se tornou possível com a insistência do presidente Mário Bittencourt, que viabilizou o retorno de Fred em 2020.  

Além dos mais de 20 gols marcados nessa última passagem pelo clube, a liderança, a identificação e o apelo do jogador com a torcida foram fundamentais para o processo de reconstrução do Fluminense. Basta observar a comoção em torno da sua despedida para entender a importância do ídolo para o clube. Além dos mais de 40 mil ingressos vendidos para o “primeiro jogo de despedida”, contra o Corinthians, no último sábado (2), e da carga total de 56 mil ingressos vendida para a despedida oficial, a “semana Fred” se tornou uma verdadeira estratégia de marketing bem-sucedida para o clube.  

Fred: o valor imensurável de um ídolo
Fred fez o seu gol de número 199 contra o Corinthians no último sábado (Foto: Imago Images / Fotoarena)

Além das vendas de ingressos, a despedida de Fred fez o Fluminense arrancar em número de sócios-torcedores e ultrapassar clubes como Botafogo, Fortaleza e Ceará, registrando, até o momento, 49.878 sócios. A meta anunciada por Fred em publicações nas redes sociais do clube era de 45 mil sócios. Além disso, a estratégia de redes sociais em torno da despedida de Fred está gerando forte engajamento e números impressionantes nas publicações oficiais do clube. Outra meta atingida graças à despedida do artilheiro foi a marca de 1 milhão de seguidores no perfil oficial do Fluminense no Instagram.