O Faze Clan administra dez equipes de esports, incluindo Call of Duty e Fortnite, e supervisiona uma rede de criadores e personalidades que criam conteúdo e streaming nas mídias sociais. Ele se posiciona como uma plataforma de mídia digitalmente nativa, focada nos jovens, com um alcance de mais de 350 milhões de seguidores através de seus canais diretos e indiretos. 

Seus negócios de criação de conteúdo e publicidade são impulsionados pelo fato de que 80% de sua audiência tem idade entre 13 e 34 anos. 

No entanto, espera-se que a injeção de US$ 291 milhões do negócio não apenas fortaleça seu conteúdo principal e seus negócios de jogos, mas permita a diversificação para outras áreas, tais como produtos de consumo. O financiamento também proporcionará uma disputa por novas aquisições. 

“Em nossa curta história, evoluímos de um gerador de conteúdo perturbador para uma das franquias de esports mais decoradas e bem-sucedidas do mundo, e agora para uma das marcas mais reconhecidas e seguidas pelas gerações mais jovens em todo o mundo”, disse Lee Trink, chefe executivo do Faze Clan. 

O negócio está previsto para ser concluído no primeiro trimestre de 2022, após o qual a B. Riley Principal 150 Merger Corp (BRPM) passará a se chamar ‘Faze Holdings Inc.’ Os atuais acionistas do Faze Clan serão donos de 68% da empresa, que será comercializada como ‘FAZE’ no Nasdaq.