Em 2020, um relatório da empresa de auditoria e consultoria empresarial Deloitte previu que o esporte feminino se tornaria uma indústria de US$ 1 bilhão nos próximos anos, com os direitos de mídia como um dos principais impulsionadores do crescimento. O que está cada vez mais próximo de se tornar realidade.

No mesmo ano da divulgação do relatório, a liga profissional de futebol feminino dos Estados Unidos, National Women’s Soccer League (NWSL), fechou um acordo de direitos de mídia de três anos pelo valor de US$ 4,5 milhões com a CBS – um grande salto desde as suas primeiras transmissões no YouTube, que atraíram apenas alguns milhares de espectadores. Com o próximo conjunto de direitos de mídia da liga entrando em disputa em 2023, a comissária da NWSL, Jessica Berman, afirmou que espera um crescimento significativo.

As classificações da NWSL estão se aproximando – e às vezes até superando – as da Major League Soccer (MLS), que recentemente assinou um contrato de transmissão de mais de US$ 2,5 bilhões por 10 anos com a Apple. A CBS atraiu mais de 456.000 espectadores para a partida de pré-temporada da NWSL entre o San Diego Wave e o Angel City FC de Los Angeles, enquanto a partida de abertura da MLS entre New England e Portland registrou apenas 436.000.

Esse crescimento também pode ser visto em outras modalidades de esporte feminino, como no basquete. A ESPN, que anteriormente pagava à liga profissional de basquete feminino dos Estados Unidos (WNBA) US$ 12 milhões anualmente, agora paga US$ 25 milhões anualmente pelos direitos de mídia. O acordo deles termina em 2025 e a temporada de 2021 teve um aumento de 49% na audiência em relação a 2020, o que pode indicar um novo aumento no próximo acordo.

Em um relatório Kaplan encomendado pela associação esportiva NCAA, foi constatado que o torneio feminino March Madness de basquete universitário norte-americano poderia ter um valor de mercado de até US$ 101 milhões por ano, como parte de um pacote separado. A NCAA atualmente recebe US$ 34 milhões para o torneio feminino e campeonatos em 28 outros esportes.