No dia 8 de junho, o Denver Broncos anunciou o fim de uma longa batalha legal sobre a transferência de propriedade da franquia profissional de futebol americano sediada em Denver, Colorado. A família Walton-Penner venceu a disputa com uma oferta de US$ 4,65 bilhões, que quebrou o recorde de venda de uma franquia de esportes dos EUA. O maior valor pago anteriormente por uma franquia esportiva norte-americana era de US$ 2,475 bilhões, pagos por Steven Cohen para comprar o New York Mets em 2020. 

O acordo de venda está agora sujeito a revisão pelo comitê financeiro da NFL e, em seguida, deve ser aprovado por uma votação completa dos proprietários da NFL. São necessários vinte e quatro votos ‘sim’ para que a venda seja aprovada. A previsão é de 60 a 90 dias para aprovação da venda e fechamento do negócio. 

A venda já era esperada há algum tempo, principalmente após a decisão, no dia 11 de janeiro, do juiz Shelley I. Gilman do Tribunal Distrital do Condado de Denver de que um acordo de direito de preferência entre os proprietários anteriores Pat Bowlen e Edgar Kaiser “não era mais válido ou executável em qualquer aspecto.” No dia 1 de fevereiro, Bowlen anunciou que a franquia estava à venda.  

Sob a propriedade de Bowlen, os Broncos fizeram 18 aparições nos playoffs e ganharam 13 títulos de divisão, sete campeonatos da AFC e três Super Bowls. Em agosto de 2021, Mike Ozanian e Christina Settimi, da Forbes, estimaram o valor da franquia dos Broncos em US$ 3,75 bilhões – a 10ª maior avaliação entre as 32 equipes da NFL. 

Apesar da competição de alto nível para adquirir o Denver Broncos, as credenciais de Rob Walton e da família Walton-Penner fizeram a diferença para vencer a disputa pela franquia. Filho do fundador do Walmart, Sam Walton, Rob atuou como presidente da gigante do varejo por 23 anos após a morte de seu pai em 1992. De acordo com a Forbes, ele é a 17ª pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio líquido estimado em US$ 68,6 bilhões. 

Além disso, a família de Walton está familiarizada com a propriedade de equipes esportivas. A prima de Walton, Ann, é casada com Stan Kroenke, dono do Los Angeles Rams e de várias outras franquias esportivas. O que significa que Walton e Kroenke serão donos de cinco das seis principais franquias de esportes profissionais do Colorado. Kroenke é dono da equipe de lacrosse Denver Nuggets, Colorado Avalanche, Colorado Rapids e Colorado Mammoth, além de uma empresa de mídia regional no estado.